Educação Ambiental, sensibilização, responsabilidade social e cidadania

15/03/2019

 “Ensinando nossas crianças a serem ecologicamente responsáveis, produziremos adultos mais conscientes”. Com essa frase é que se iniciava o projeto de alunos do curso de Aprendizagem Administrativa do SENAC de Ribeirão Preto, desenvolvido na ETEC Antônio de Pádua Cardoso de Batatais. Os alunos, que procuraram a Secretaria Municipal do Meio Ambiente para que pudessem desenvolver seu trabalho final do curso envolvendo sociedade e meio ambiente, se transformam em educadores ambientais. Nas atividades, foi trabalhada a sensibilização de alunos das Escolas Municipais para a importância do Meio Ambiente e feito com eles os plantios de mudas de árvores depois de escolherem qual nome darão às mudas. A ideia é fazerem os alunos adotarem estas árvores, criando um vínculo desde seu plantio até sua posterior observação e crescimento. Foram feitos dois plantios, um na Escola Professor Gilberto Dalla Vecchia – CAIC e um na Escola Célia Bueno, sempre precedidos por uma explanação sobre o meio ambiente e convite aos alunos das Escolas para atividades desenvolvidas com materiais recicláveis, passando em seguida ao plantio. O segundo passo do projeto dos alunos envolveu a renovação de uma Praça do Município, no caso, a Praça Dr. Ângelo Marcolini, no Bairro Ouro Verde. Os alunos se reuniram para analisar o que poderia ser feito na Praça, com os recursos que tinham; em seguida, com auxílio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, passaram suas ideias para que os técnicos dessem suas opiniões. Juntos, definiram o que seria feito na Praça. Com apoio da equipe de Praças, Parques e Jardins a grama da Praça foi aparada. A SMMA definiu locais de plantio para árvores e sugeriu locais para colocar duas intervenções com pneus. Os alunos fizeram mandalas coloridas e penduraram no ficus ali existente, trazendo mais alegria para o local. Com as tintas que ganharam, fizeram a pintura do pedestal da placa da Praça e das marcações da pista de caminhada; também pintaram uma amarelinha na área central, revitalizando aquela ali existente. Os alunos, bem como os técnicos da SMMA, foram convidados a gravarem um vídeo para a formatura dos alunos, citando a importância que viam na revitalização do local, bem como no curso realizado. A Coordenação e o Corpo Docente do curso agradeceram à Secretaria do Meio Ambiente por acreditar e apoiar os alunos. Nós da SMMA, agradecemos por sua vez a Coordenação e o Corpo Docente, que acreditaram nos alunos antes mesmo de nós e claro, os alunos por toda a recuperação feita na Praça e a educação ambiental feita com os alunos da rede municipal. A Secretaria ainda lembra que plantios em Praças, Parques e áreas públicas devem ser solicitados ao Poder Público.

Posts Relacionados

Marcadores

Compartilhe