Projeto Horta Educativa está sendo realizado nas escolas Municipais

17/05/2018

Projeto Horta Educativa está sendo realizado nas escolas Municipais

A rede municipal em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e Educação está desenvolvendo desde o início do ano letivo o projeto Horta Educativa, que visa fortalecer o trabalho educacional a partir da formação de valores sociais, culturais e alimentares compatíveis com a preservação da cultura do país, do meio ambiente e da promoção de hábitos alimentares saudáveis, bem como trabalhar por meio de aulas aulas teóricas e práticas,conceitos de Educação Ambiental, Nutricional e Valorização do Meio Rural via Horticultura.
Em Batatais, participam do projeto as escolas Virgílio Braghetto, Paulo Roberto Faggioni, CAIC e Célia Bueno. As atividades ocorrem de modo interdisciplinar e conta com quatro tipos de apostilas: Caderno de Atividades da Criança; Caderno do Educador; Caderno do Cuidador da Horta e Caderno da Família, para a formação não apenas das crianças, mas também das famílias.
Na EMEB do CAIC Gilberto Dalla Vecchia as atividades estão sendo realizadas de forma colaborativa entre alunos, professores, pais, funcionários e gestão da escola, buscando despertar o interesse dos estudantes no cuidado com o meio ambiente, contribuindo para que estes possam vivenciar o contato com a terra e conhecendo as etapas da produção de alimento.
Os alunos estiveram presentes nas etapas e atividades desenvolvidas na horta, tais como: escolha do terreno, organização dos canteiros, seleção das espécies a serem cultivadas, plantio, cuidados com a horta e colheita. As professoras auxiliaram os estudantes no desenvolvimento e manutenção da horta e na supervisão dos trabalhos, para tanto elaboraram estratégias que permitiram trabalhar os conteúdos numa visão interdisciplinar.
Nesse sentido, a execução das atividades favorece que os alunos compreendam da relação meio ambiente e alimentação saudável, relacionando-os à saúde, cidadania e qualidade de vida.
Para a professora Renata Melani a resposta das atividades está na “satisfação das crianças em aprender, entender desde o plantio até a colheita, já com as plantas crescidas. Então, é gratificante acompanhar esse processo da terra até o prato”. A professora Silvia Parpinelli complementa que “estas vivências transformam pequenos espaços da escola em cantos de muito encanto e aprendizado para todas as idades.”
A Diretora da Unidade Alessandra Tobias explica que “o envolvimento e o compromisso sobre o ambiente que nos cerca e o repensar de responsabilidades e atitudes de cada um de nós, gera processos educativos ricos, contextualizados, significativos para cada um dos grupos envolvidos. Neste contexto, o cultivo desta horta está sendo um valioso instrumento educativo.”
Na EMEB Jose Virgílio Braghetto o projeto teve início na segunda semana do mês de abril com a participação dos alunos do PRE II A e B que acompanhados pelas professoras que percorreram a área externa da escola a procura de vários tipos de sementes, observando as diferenças existentes entre as mesmas como: tipo, cores, tamanhos e formatos.
A Professora Coordenadora da Unidade Ana Lúcia Carneo afirma que o projeto é um trabalho de reconhecimento e exploração do espaço, meio ambiente e valorização de uma alimentação saudável.
No próximo dia 18 de maio a escola promoverá no âmbito do projeto uma palestra sobre Alimentação Saudável para as famílias dos alunos, com as nutricionistas da Divisão de Merenda Escolar do município.

Posts Relacionados

Marcadores

Compartilhe