Batatais recebe Projeto Social que une educação e dança

15/03/2017

Batatais recebe Projeto Social que une educação e dança

O projeto social ‘Bom de Nota, Bom de Dança’, plano anual, deu sua largada para reunir crianças, meninos e meninas, de 7 a 12 anos, em torno de algo em comum: a dança. Mais de 700 crianças serão atendidas pelo BNBD, que conta com cinco núcleos, um na cidade de Batatais e os demais em Descalvado, Lins e Serrana. Cada núcleo possui, aproximadamente, 140 alunos, cuja realidade é transformada a partir da dança. São oferecidas modalidades de balé e danças urbanas, gratuitamente, às crianças matriculadas nas escolas conveniadas ao projeto. A iniciativa busca levar aos alunos uma nova perspectiva de mundo. Incentivando e integrando-os, tanto nos estudos, como na dança.

Segundo a coordenadora do BNBD, Mariana Souza, o impacto na vida das crianças é visível e bastante positivo. “Trabalhamos com uma metodologia de controle de talentos, incentivando a frequência escolar, o comportamento, o respeito, a solidariedade e a cooperação”, afirma.

Para não atrapalhar o rendimento dos alunos nos estudos, as aulas acontecem sempre em contraturno escolar, colocando a dança como extensão do aprendizado em sala de aula. “Tudo é pensado para que os alunos se desenvolvam e cresçam. Não só na dança, mas como cidadãos”, ressalta Lívia Mariussi, assistente social. Todo o material, uniforme e lanche são oferecidos às crianças participantes do BNBD. Estimular esses jovens cidadãos a mudar de realidade, utilizando a expressão corporal como ferramenta, é mais uma das características do Projeto.

Com patrocínios da Usina Batatais, Usina Lins, Usina Ipiranga e Usina da Pedra, o ‘Bom de Nota, Bom de Dança’ é um plano anual via PRONAC (Programa Nacional de Apoio à Cultura), com o objetivo e missão de levar e fomentar a cultura nessas cidades, em parceria com a educação.  Em Batatais o trabalho é coordenado por Rodolfo Tarso e as atividades de Balé e Danças Urbanas ocorrem na Escola Municipal Prof. Gilberto Dalla Vecchia – CAIC, localizado na Rua Cel. Joaquim Marques, 1260. “Ficamos muito satisfeitos com a oportunidade oferecida para as crianças da nossa cidade. É um recurso de fomento a cultura, que Batatais, por meio da Usina, direciona para a nossa comunidade”, frisou o diretor de Cultura, Luciano Dami de Oliveira.